terça-feira, 21 de julho de 2009

Seria fanatismo uma doença?

A parte boa de quando minha internet máster (favor ignorar acentos inconvenientes e afins) cu não conecta (tô há umas 2 horas tentando descobrir o que acontece com essa merda) é que na maioria das vezes rende post pro blog, que faz tempo que não é atualizado. Não sei se isso é bom ou não, mas mais uma vez ele envolve Corrs e meu fanatismo.

Essa noite tive um sonho totalmente fofo, lindo, divo, foda, que envolvia Caroline (especially), Sharon e até Gavin (sinto que ele vai aparecer bastante, já que resolveu se enfiar nessas paradas de site de relacionamento, me adicionar – quase nem me deu corda e ajudou minha imaginação a trabalhar de novo – e responder aos fãs da mulher dele, sendo totalmente paciente e divo. Ele tem dado mais atenção aos fãs - leia-se a mim, Nay e Cela - do que a mulher,o que faz a gente – ok, eu – brincar que vou trocar a Sharon por ele).

Nesse sonho os Corrs moravam juntos e tava tendo uma festa na casa deles. Lembro de estar no meio da festa, com direito a muita música irlandesa, uns caras perdidos, váários bodhráns e Gavin. Lembro também de pedir pra ele deixar eu tocar o bod dele (sim, no sonho ele tocava) e ele deu o pauzinho (?) (BEATER/CIPIN, que fique claro), mas não deu o bod não sei pq diacho. Só sei que resolvi entrar com alguém (na verdade não lembro do rosto, mas parecia a Lay, ou a Nay) pra gente conhecer a casa (hehe) e ir caçar a Sharon e a Carol.

Aí fomos felizes e saltitantes e achamos o quarto da Sharon. Ela tava dentro, de porta aberta. Era aniversário de casamento deles e ela tava se arrumando pra eles irem comemorar. Saía um cheiro muito bom do quarto, de perfume (ela tava loira, tipo no BH – eu sempre sonho e imagino ela loira). Mas a gente só passou na frente da porta, pq queríamos mesmo era ver a Carol, cujo quarto ficava na porta do lado, descendo as escadas.

Dona Carol estava tirando um cochilo na rede embaixo da escada (hehe). Aí entramos, descemos as escadas e fomos explorar o lugar em silêncio, pra ela não acordar. Ali tinha uma porta pra tipo um jardim, onde tinha um banco, que a Lay/Nay sentou, e eu sentei ou fiquei só abaixada no chão.Nisso a Lay/Nay sente uma mão no ombro dela, toma um susto e sai correndo sem falar nada. Eu, como sempre me ferro, fiquei ali me perguntando o que tinha acontecido e sinto uma mão no meu ombro.Virei com cara de “oops” e comecei a pedir desculpas por estar ali, acho. Caroline, toda fofa, falou alguma coisa e eu disse “pensei que vc fosse ficar brava se me visse aqui”, aí, toda diva de novo, ela disse “eu não ficaria brava. Vc é minha filha” (coisa do tipo), aí eu derreti (?), dei abraço de urso mega apertado (a la So Young) e não lembro mais err.
Só lembro que depois fomos parar na cozinha, onde ela tava fazendo alguma coisa e eu acompanhando. Aí comecei a falar do bod do Gavin e ela me deu um dos mil que tinha espalhado pela casa *-*

Ainda na cozinha, lembro de umas modelos que surgiram 'outta the blue' e enquanto eu ia pegar alguma coisa na gaveta de algum lugar, ficavam fazendo comentários do tipo “como assim, vai mexendo nas coisas que não são dela?”... e eu ouvi e mandava de volta “ah, tudo bem, a Caroline é minha mãe *]]*” e as modelos imbecis e burras ficavam com cara de cu. Aí lembro das vacas indo embora e eu acordei,snee.

Ok, depois dessa passei o dia pensando Corr (?), mais do que já tava nas últimas semanas por causa da Sharon. Aí, como de costume entrei na internet pra ficar esperando o ‘lovely couple’ pra twittar e tentar agradecer o Gav pela msg da Bruca de novo (pedi pra ele mandar uma msg de aniversário pra ela e ele mandou *-*), mas nada. Eis que aparece a Sharon, falando que It’s not a dream já ta tocando nas rádios da Irlanda e UK, responde um ou outro fã (aposto que nenhum é tão obcecado como eu e as meninas, e aquele cocô de mulher – só falo isso da boca pra fora. AMO ela! – só responde eles), diz que vai pra cama e beleza. Nisso ainda tenho pouco mais de uma hora de internet. Fiquei esperando o Gav, mas nada de ele aparecer u.u E pra ajudar não tinha ngm pra eu conversar.

Deu o horário de a minha irmã mexer (sem wireless é cu, mas se tivesse não adiantaria muito, pq estamos só com um PC) e eu saí feliz (?) que tinha dado tempo de ‘ver’ a Sharon. Mas como eu só me fodo, dei uma atualizada no twi e vejo q a vaca resolveu não ir pra cama, e sim atualizar o site :@ aí já comecei a pensar (de novo) que ela me odeia, me despreza e coisas do tipo. Fui pro banho mó “=’(“ e comecei a pensar que tava louca, doente ou coisa do tipo, pq tipo, ela nem sabe que eu existo e eu me mato, ela nem sabe que eu existo e eu fico cobrando, como se ela me devesse alguma coisa. Nem sabe que eu existo e eu choro, pulo até torcer o pé, surto por telefone, ligo pra Irlanda e faço mil coisas. Não como (cof cof – como, sim, mas só pq mandam e ameaçam me espancar. Kidding), não durmo, não vejo novela (como se fosse importante, mas sabe como é, Long Night), não vejo a Bianca (que raio de amiga eu sou?), não estudo (isso faz anos que eu não faço, mas a Sharon ajudou a não mudar). Enfim, minha vida tem sido dormir das 3 às 13 hrs e o resto passo na internet. Totalmente sei que não é saudável e blá, blá, blá, mas é mais forte.

Aí resolvi ir assistir o All the Way Home (segunda vez em uma semana), e quando aquele serzinho fofíssimo com quem eu sonhei, começou a falar, quase me acabei. Isso pq já tinha quase desidratado semana passada quando vi a Sharon pela primeira vez depois que ela reapareceu e no casamento dela com o Gavdivo.

Aí minha irmã resolveu sair da net e eu fiquei mó feliz, pq ainda ia dar pra falar com a Nay, como tínhamos combinado. Claro que tava bom demais pra ser verdade, e depois de uns minutos, a porcaria da internet resolveu cair e decidiu que não tava mais afim de voltar, por isso tô até agora aqui, escrevendo um livro.

Antes de escrever – e depois de tentar por UMA HORA fazer essa porcaria conectar sem sucesso -, resolvi ver umas fotos dos Corrs que eu tenho aqui, reler a conversa da Nay com o Gavin, e afins. Claro que quase desidratei de novo. Será que é doença, ou isso simplesmente aconteceu pq minha ficha caiu? Pq tipo, é um CORR (um Corr e um Bonnar, na verdade), falando COMIGO (não exatamente comigo, mas umas 3 vezes cada foi comigo), serzinho pequenininho (só em altura e significância) e cocozinho.

Só sei que isso tudo (sonho + perseguição via internet) me faz cada dia mais querer, ou melhor, necessitar, conhecer essa gente (por mais ridículo que isso possa parecer), e, principalmente dar um abraço de urso na Carol. Juro, é necessidade, não vai passar quando eu encontrar outra banda/cantor/cantora pra perseguir e idolatrar (até pq isso não vai acontecer, e eu tenho um monte de motivos pra pensar assim). Eu realmente preciso de um abraço de urso, ‘O’ abraço de urso na Caroline. É como se, sem isso, não tivesse graça viver (não, não vou me matar por não poder dar um abraço de urso na Caroline, mas simplesmente não tem graça). Pode parecer ‘quite’ gay da minha parte. Só vejo eles como família. Acho que conheço melhor a família deles do que a minha (?), that’s it. Me sinto parte dela (e acho que não sou só eu), é como se ficasse um vazio sem qualquer um deles. [you must be thinking “bullshit!”]

Acho que eu devia mudar o nome do meu blog (ok, isso acabou de me dar uma idéia – anyway, renderia mais posts em um mês do que ele vai ter em um ano) pra ‘perseguindo um (ou todos) Corr’, ou ‘o que eu me tornei depois de conhecer o The Corrs (resposta = doente, viciada, obsessiva)’, ou ‘Minha vida depois do Corrs’, ou ‘looking for a Corr’, ou 'Corrs addict non-annonymous’ pq tipo, SÓ tem post deles ou coisas relacionadas. Mas não ligo.

Só pra variar um pouco, o post foi feito comigo escutando as músicas da Sharon.

How sick am i?

PS: Take my quiz ‘Which Corr are you?’ here: http://lolquiz.com/quiz?id=OLTTI


PS2: Esqueci do ciúme. MORRO de ciúme cada vez que vejo uma msg de um Corr-Bonnar pra alguém que não seja eu. Já é duro ver a galera do Brasil tendo atenção, imagina gente do mundo todo). Ok. Now that’s all.

Xxx
@bia_aranha
www.facebook.com/bia.aranha

3 comentários:

  1. Sabe, sofro desse mal... mas acho q to nuns graus abaixo ahauahuahauhauhauhah. Mas só pq a Sharon nunca me respondeu e não curto mto o twitter e o facebook. Os Corrs representam muito pra gnt, pela banda que são e pelo que nos proporcionaram. E calma, não ficou gay ahauhauahauhauahuahauhaha

    Te amo ♥

    ps: gostei mais de looking for a Corr *-*

    ResponderExcluir
  2. HAUSHAHUEHUAHUE
    EU SEEEEEEEI BEM O QUE É ISSO!
    EU RESPIRO SHARON CORR, MAN!
    ISSO É MUITO OBSESSIVO!
    EU DURMO PENSANDO NELA.
    EU ACORDO, COMO, TRABALHO, ESTUDO (MENTIRA COF COF) PENSANDO NELA.
    AAAAAAAA, VOU MORRER U.U

    ResponderExcluir
  3. HAUSHASUAHSUAHSUAHUSHAUSAHAUHSAUHSA
    EU SEEEEEEEI BEM O QUE É ISSO! [2]
    Hhuashaus, acho q a única coisa que não faço pensando nos Corrs é sonhar (ultimamente eu nem tenho sonhado mto *Cry*, tô indo dormir tarde e cansada demais de tanto ficar na net, kkkkkkkk)
    Se isso for doença acho q tem mta gnt doente por aí(?) Eu pelo menos sou, kkkkkkk!

    ResponderExcluir